5 Dicas de ferramentas gratuitas para transmissão de conteúdo online

O cenário de pandemia causada pelo Covid-19 tem feito governos e prefeituras optarem pelo cancelamento de eventos com público, como medida de combate a proliferação da doença. Ontem, 14/03, o Governo do Estado de São Paulo juntamente com a Prefeitura de São Paulo anunciou a suspensão das aulas na rede de educação pública. As escolas ficarão abertas na semana do dia 16 a 20/03 como medida de orientação aos alunos e pais.

Pensando nisso, e sem saber o tempo em que essas medidas ficarão em vigor, separamos algumas dicas de ferramentas gratuitas que possibilitarão o uso das tecnologias para transmissão das aulas online para os estudantes. 

Se sua escola, universidade, curso ou empresa não aderiu a cultura do EaD, as dicas apresentadas nesse post ajudarão a mudar esse cenário.

Dica número #1 – Uso das ferramentas da Google para transmissão ao vivo das aulas e conteúdos

Todas as atividades desenvolvidas pelos professores em sala de aula podem facilmente ser realizadas com a adoção dessas ferramentas e boas práticas.

A primeira delas é o Hangout Meet, que permite o uso de bate-papo e transmissão ao vivo de conteúdo. Na prática o  professor pode ministrar seu conteúdo como se estivesse na sala de aula, à medida que os alunos acompanham tudo em tempo real. (A Google tornou a ferramenta totalmente gratuita por causa do Covid-19).

A segunda ferramenta da Google que vamos indicar é o Youtube. Assim como o Haugout, ele permite a abertura de bate-papo, transmissão ao vivo, armazenamento do vídeo pós transmissões e o uso do streaming de conteúdo com redes sociais como Facebook e Instagram.

Dica número #2 – Uso das ferramentas da Microsoft para transmissão de aulas ao vivo

A primeira ferramenta que apresentaremos é o nosso velho conhecido Skype. Ele permite ao professor a criação grupos (salas) para a realização de uma vídeo conferência ao vivo. E através do chat os alunos podem interagir diretamente com o professor, tudo isso em tempo real, aliado ao uso do OneDrive permitirá a troca facilitada de arquivos entre os discentes e o docente.

A segunda ferramenta é a Microsoft Teams que faz parte do pacote office 365, vale lembrar que a empresa tem parceria com o Estado de São Paulo e Prefeitura e com isso os professores e alunos têm acesso gratuito ao pacote student do office 365. Nela, assim como no Skype, o professor criará uma turma com os participantes e iniciará a transmissão ao vivo e os alunos também poderão interagir em tempo real.

Dica número #3 – Uso do Zoom para transmissão de Aulas e Webinários ao vivo

o Zoom, que é da empresa de mesmo nome, possibilita a transmissão de vídeo ao vivo para até 100 participantes na versão gratuita em aulas de até 40 minutos. Sua vantagem está relacionada a criação de grupos no chat. Por exemplo: imagine que o professor quer usar uma atividade em estilo debate e dividir a turma em dois grupos, um favorável ao tema proposto e outro contrário. Os alunos poderão traçar estratégia nesses grupos individuais (disponíveis apenas aos participantes adicionados neles) e fazer a contraposição no Chat público com a intermediação do professor.

Dica número #4 – Google Class para o gerenciamento dos objetos de aprendizagem digitais

Sim! Se você é uma instituição de ensino ou professor da rede pública, certamente terá acesso a essas ferramentas Google for Education, se não for terá acesso padrão ao Google Sala. Na prática é uma plataforma online para a gestão de conteúdos disponibilizados aos usuários com conta Google.  Através dela, o professor disponibilizará link de vídeos (ao vivo ou gravados), link para podcasts, organizará turmas, atividades, documentos, quizzes, pesquisas surveys e muito mais! Fazendo da aula online um ambiente de aprendizagem ativo e prazeroso.

Curiosidade: Essa ferramenta foi criada em parceria com professores e permite que você tenha em tempo real os resultados e notas dos seus alunos.

Ao adotar essa ferramenta, professores e alunos podem trocar conteúdos, arquivos e muito mais em tempo real. Imagine as possibilidades de fazer educação com uma sala de aula virtual para cada turma de alunos? Por isso que ela é nossa preferida.

Dica número #5 – Armazenamento e compartilhamento de arquivos online

A primeira ferramenta é o Google Drive, que compreende a uma nuvem para armazenamento de arquivos em que o professor poderá criar subpastas/pastas e compartilhar os conteúdos com as turmas. Da mesma forma os alunos poderão disponibilizar arquivos de suas atividades realizadas para a consulta e avaliação do professor.

A segunda ferramenta é o OneDrive, ela pertence à Microsoft e funciona de forma bem semelhante ao Google Drive, basicamente é utilizada para armazenamento e trocas de arquivos e formulários na nuvem.

_________________

Prometemos falar sobre as atividades que os professores podem e devem utilizar na modalidade online, ceto? Vamos ver quais são.

#1 Vídeos gravados

O professor pode gravar vídeos a partir de seu celular/computador, fazer a edição com apps gratuitos, em seguida disponibilizá-los para os alunos como conteúdo complementar as aulas que foram ministradas. Esse recurso também poderá ser solicitado aos alunos como forma de avaliar aprendizado ou como recurso à apresentação de seminários.

#2 Podcast

O professor pode gravar de seu comutador ou celular pequenas pílulas de áudio para reforço de aprendizagem ou transmissão de conhecimento aos alunos. Também é possível solicitar que os alunos compartilhem o mesmo formato de conteúdo para avaliar o aprendizado.

#3 Atividades de múltipla escolha e testes

O professor poderá criar atividades de múltipla escolha como medida de acompanhamento dos alunos, tendo um resultado individualizado pára atiar de forma consultiva sob o aprendizado, assim como realizar atividades de teste (provas) e documentar esse resultado ao preencher as notas no diário ou no sistema da secretaria de educação.

#4 OneDrive e Google Drive

 O professor poderá usar/criar pastas do OneDrive/Google Drive destinada à turma para que os alunos enviem fotos, digitalização e prints das atividades que estão desenvolvendo em casa, inclusive fotos do caderno. Essa é uma forma eficiente de acompanhar de perto o desenvolvimento dos alunos.

# 5 Mural – Google Class

O mural da Google Class também pode ser utilizado como um fórum, permitindo que os alunos interajam entre si e com o professor.

# 6 Google forms e ferramentas de formulário da Microsoft no Office 365.

Essas fermentas permitirão ao professor criar diferentes tipos de formulários diversificando os modelos de atividade e a interação com os alunos. Uma dica bacana é usar um dos formulários para fazer pesquisas de satisfação e qualidade.

Viu quanta coisa bacana dá para fazer de graça usando as ferramentas de educação online gratuitas? E o mais vantajoso é que todas essas ferramentas são compatíveis com dispositivos móveis.

_________________

E de bônus, compartilharemos com vocês o link com uma lista de editores de vídeos gratuitos para celulares e computadores juntamente com a indicação de três bancos de imagens gratuitos.

Apps de edição de vídeo para Smartphone:

Apps de edição de vídeo para computador:

Três bancos de imagem gratuitos.

Seguindo a Filosofia da Lógos, nas próximas semanas disponibilizaremos um curso livre e gratuito, através do Google Class, ensinando a usar essa ferramenta da Google e a produzir objetos digitais com celular, computador e PPT.

Sigam-nos nas redes para acompanhar o lançamento desse curso. Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *